Dra. Sandra Franco

Consultoria
Direito médico e saúde
Saiba Mais
Cursos Saiba Mais

Contratação de planos de saúde sobe 2,5% em 2014, diz IESS

Se é fato que o mercado de planos de saúde têm sido cada vez mais regulado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, também aumenta proporcionalmente a contratação de novos planos. Um aparente paradoxo? Veja os números.

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) anunciou o aumento de 2,5% na contratação de planos de saúde médico-hospitalares em 2014 frente ao ano anterior (2013). O acréscimo em 12 meses foi de 1,26 milhão de beneficiários, totalizando 50,84 milhões no período.

O crescimento do último trimestre, encerrado em dezembro, contra o terceiro trimestre, encerrado em setembro, foi de 0,9%. “Notamos que a baixa atividade econômica atingiu o mercado de saúde suplementar, que mostra sinais de perda de ritmo de crescimento”, afirmou o superintendente executivo do IESS, Luiz Augusto Carneiro.
Ritmo lento

Em dezembro (2014), o IESS afirmou que o setor apontava sinais de desaceleração. O boletim divulgado constatou na época que, considerando as comparações dos terceiros trimestres de 2010 a 2014, a taxa de crescimento em 12 meses do total de beneficiários cedeu de 5,9%, em 2010, para 2,8%, no ano passado. “No entanto, não resta dúvida de que o crescimento de 2,5% deve ser celebrado, já que o Produto Interno Bruto [PIB] de 2014 deve ter fechado próximo de 0%”, afirmou Carneiro. O maior percentual de crescimento foi em planos odontológicos, com lata de 5,6%, em 12 meses.
Segmentos

O segmento de planos coletivos empresariais registrou avanço de 3,3% em 12 meses, fechando o ano com 33,70 milhões de vínculos, ou 1,07 milhão de beneficiários adicionais durante o ano passado.
Em seguida, a modalidade de planos coletivos por adesão cresceu 2,6% sobre 2013. Nos planos individuais, o aumento foi de 0,9% em 2014. Os dados constarão do boletim Saúde Suplementar em Números, a ser publicado hoje.

Desaceleração

Balanço divulgado pela IESS em dezembro apontou que a contratação de planos de saúde médico-hospitalares cresceu 2,8% entre setembro de 2014 e o mesmo mês do ano anterior. Houve acréscimo de 1,4 milhão de beneficiários, o que equivale a praticamente toda a população de Porto Alegre (1,47 milhão de pessoas). Com o resultado, o total de vínculos chegou a 50,6 milhões. No mesmo período, o PIB nacional apresentou recuo de 0,2%. Com informações do Estadão Conteúdo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *